Você não é medroso! Você é valoroso!

“Então o anjo do Senhor veio, e assentou-se debaixo do carvalho que está em Ofra, que pertencia a Joás, abiezrita; e Gideão, seu filho, estava malhando o trigo no lagar, para o salvar dos midianitas.
Então o anjo do Senhor lhe apareceu, e lhe disse: O Senhor é contigo, homem valoroso.”
Juízes 6.11  e1 2

Deus enxerga sua coragem de uma forma diferente de como você mesmo enxerga, sabia? Você não é o seu medo. O medo não pode definir sua fé e sua trajetória com o Senhor. Você é, simplesmente, quem o Senhor diz que você é.

No chamado de Gideão vemos isso de forma muito clara: o povo de Israel estava com medo, escondido, pois o próprio Deus enviou os midianitas para oprimi-lo. Gideão estava malhando o trigo no lagar, mas o lagar não é local para isso. O lagar é onde se amassa uvas; escuro e isolado. O lugar correto para malhar o trigo seria a eira, lugar arejado, próximo ao sol.

O medo pode colocar-nos em lugares errados. Mas, mesmo quando nos sentimos encurralados, amedrontados, o Senhor poderá nos surpreender. Foi quando Gideão estava em um lugar errado que o anjo o visitou, entregou a Mensagem Divina e o chamou de “valoroso”!

Deus não lança em rosto os nossos fracassos. Pelo contrário: Ele nos oferece o encorajamento necessário para lutarmos contra todo o medo que quer oprimir nossa própria vida, e também a vida daqueles que amamos. Você não é medroso! Você é valoroso, no Nome do Senhor!

E sabe o que aconteceu com Gideão depois de ter sido encorajado por Deus? Ele passou a obedecer uma por uma as ordens do Senhor, destruindo o altar do mal. E no fim do capítulo, lemos que Gideão ousou fazer uma prova com o Senhor, colocando um velo de lã na eira. Sim, ele saiu do lagar e foi para a eira!

Deus quer dar-nos experiências com Ele, mas para isso, primeiramente, precisamos sair de onde o medo nos colocou e nos posicionarmos no lugar certo, dentro da Vontade de Deus.

O Senhor deseja revelar-se a nós. Abandonemos, em seu Nome, a localização errada, na qual nos escondemos por medo do inimigo, e coloquemo-nos no centro da Vontade Divina. Amém.

Texto: Juliane Vieira Couto Lucena – Equipe do Portal Batista

 

Imagem Ilustrativa: Dalton Touchberry/Unsplash.com

Pular para o conteúdo