A obra que Deus faz desde o princípio até ao fim

“Tudo fez formoso em seu tempo; também pôs o mundo no coração deles, sem que o homem possa descobrir a obra que Deus fez desde o princípio até ao fim.” (Eclesiastes 3.11).

O capítulo 3 de Eclesiastes apresenta um louvor à eternidade de Deus. Em nossa existência, tudo tem um início e um fim, e Deus conhece antes de nós os eventos do passado, bem como o que há de acontecer no futuro, pois Ele é Eterno.

O Senhor nos deu uma porção de tempo marcada no relógio, e a esta nos compete administrar da melhor forma possível, como bons mordomos de tudo que vem do alto. Contudo, precisamos entender que Deus não usa o mesmo relógio que nós; o Seu Tempo não é o nosso. Ele é hoje e sempre há de ser, não se adianta, nem se atrasa. Ele chama as coisas que não são como se já fossem (Romanos 4.17).

Deus colocou a eternidade em nossos corações, mas não nos revelou o futuro. Também, somente Ele sabe o caminho certo que precisamos percorrer para cumprir Sua Vontade. O que conhecemos a respeito do Senhor é muito pouco, mas Ele tudo sabe. Sabe porque precisamos enfrentar certas situações embaraçosas e difíceis. Nada pode impedir o Propósito do Senhor em nossas vidas, nem as coisas ruins, nem a nossa falta de vontade de esperar… Nada, absolutamente nada, ou ninguém, podem impedir a Vontade Daquele que existe desde princípio até ao fim. Ele criou a Terra, no princípio, e promete permanecer conosco todos os dias até à consumação dos séculos. A nós, somente resta confiarmos completamente em Deus, o Dono do nosso tempo e Dono da eternidade. O Senhor fez tudo formoso em seu tempo, e nesta certeza devemos depositar a nossa esperança.

Texto: Juliane Vieira Couto Lucena – Jornalista e Redatora – Comunicação do STBG 

Imagem Ilustrativa: Zac Durant / Unsplash.com 

Pular para o conteúdo