IBC Braga iniciou novo propósito para o ano de 2024 – objetivo é o crescimento da Igreja

Com sua característica de dinamismo já bem conhecida, a Igreja Batista Conservadora Salem de Braga sempre busca inovar no seu trabalho, sem esquecer da consagração, pois sem ela nenhuma igreja pode crescer de forma saudável, espiritualmente falando. Pensando nisso, a IBC Salem de Braga iniciou o ano de 2024 com um novo propósito: a cada domingo de Santa Ceia, haverá um momento de consagração a Deus – um propósito em prol do crescimento espiritual, intelectual e numérico de todo o campo de atuação da Igreja.

O novo propósito iniciou na manhã de 7 de janeiro, momento em que os irmãos buscaram a  Deus, orando e adorando ao Senhor com cânticos. À noite, novamente reuniram-se, para celebrarem, pela primeira vez em 2024, a Santa Ceia do Senhor. O pastor Robson Noronha, pastor presidente da Igreja,  foi quem presidiu o momento e ministrou a Palavra de Deus. Na ocasião, também foram recebidos à comunhão, os irmãos que foram batizados e reconciliados durante o último culto do ano passado.

Colaboração: Pastor Robson Noronha 

Pastor Robson Noronha e sua esposa, Verônica Noronha, ministram louvores congregacionais durante a manhã de consagração – Igreja busca pelo crescimento espiritual, intelectual e numérico 

A dupla Deize e Leandro também participou nos louvores durante a manhã de consagração 

Grupo de irmãos reunido em oração pelo novo propósito da Igreja 

À noite, a Igreja reuniu-se, novamente, no templo, para celebrar, pela primeira vez em 2024, a Santa Ceia do Senhor – na ocasião, novos membros foram aceitos à comunhão

Diáconos se preparam para distribuir a Santa Ceia do Senhor – Paulo Leder e Juliano Vieira 

O júbilo transparece nos rostos – diáconos Airton Duarte e João Victor Froner 

Momento de intercessão dirigido pela liderança local, em favor de toda a IBC Salem Braga, famílias e congregações 

 

Momento de oração após a mensagem final – povo se reuniu no altar de Deus para receber oração ministrada pelos pastores e obreiros locais 

Pular para o conteúdo